A cultura do atraso: um atraso de vida

Ontem li uma matéria publicada na edição do dia 08/02/2012 da Veja Rio que fala sobre a cultura do carioca em se atrasar. O texto também pode ser lido na versão online da revista, clicando aqui.

Eu me identifiquei bastante com alguns relatos, especialmente com o retardo proposital que praticamos quando sabemos que a pessoa ou o evento irá atrasar. Eu já fiz muito isso, mas agora estou tomando tenência. Na verdade, eu comecei a me emendar quando passei a ter sérios prejuízos e perder — ou quase perder — grandes oportunidades.

E detalhe que não sou tão atrasildo assim, mas o fato de programar o tempo de forma quase meticulosa, faz com que um imprevisto, como o trânsito pior do que o normal para aquele horário, pode me fazer chegar atrasado. E é exatamente isso o que falta corrigir.

Anúncios