Entorse: lesão corriqueira que exige atenção para recuperação completa

A entorse de tornozelo é um acometimento relativamente comum, que pode acontecer durante a prática de esportes ou após um simples deslize no dia-a-dia.

Embora seja corriqueiro, este tipo de lesão exige atenção e cuidados para que a sua recuperação seja completa.
Na maioria das vezes, a entorse ocorre com uma torção do pé para fora (em inversão), gerando imediatamente um inchaço na região lateral do tornozelo. A primeira medida a ser tomada é elevar o pé e colocar gelo na região durante vinte minutos. Este procedimento diminuirá a dor e controlará o inchaço. Um médico deve ser consultado para o diagnóstico preciso da lesão e orientação do tratamento. Em alguns casos, há ruptura dos ligamentos laterais do tornozelo, mas, na maior parte das vezes, o tratamento não é cirúrgico.
O fortalecimento da musculatura do tornozelo é muito importante após o período de repouso necessário para a recuperação das lesões. Sem essa medida, o tornozelo fica instável, o que aumenta o risco de novas entorses e de tendinite nos músculos.
Exercícios para a melhora do equilíbrio também são importantes, pois a propriocepção – percepção do próprio corpo, incluindo a consciência do movimento dos membros e das mudanças no equilíbrio – do tornozelo fica comprometida após esse tipo de lesão. O retorno à prática de atividades físicas deve ser progressivo, mas, com os cuidados adequados, o tornozelo estará seguro e preparado para a volta aos treinos.
* As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com
Fonte: Eu Atleta
Anúncios